O Presidente norte-americano, Donald Trump, está a preparar cortes massivos em programas federais de financiamento de grupos internacionais que realizam abortos ou fornecem informação sobre interrupções voluntárias de gravidez.

Dirigentes da Casa Branca revelaram que o plano vai aplicar-se a organizações que têm recebido assistência financeira dos EUA para intervenção em saúde. Versões anteriores do projecto de redução desta ajuda visaram especificamente grupos internacionais de promoção do planeamento familiar.

O impacto destes cortes pode atingir cerca de 8,8 mil milhões de dólares, muito mais do que os 600 mil considerados nas versões anteriores do plano.

Os grupos visados por estes cortes trabalham em assuntos como HIV/AIDS, malária, saúde materna e infantil, questões reprodutivas e saúde em geral.

Notícias ao Minuto

Advertisements

COMENTE PELO FACEBOOK