A Polícia da República de Moçambique na província de Sofala deteve ontem uma quadrilha de malfeitores indiciada de recrutar crianças e treiná-las para a realização de crimes de assaltos no distrito de Dondo.

Trata-se de um grupo de três elementos que recrutavam menores, com idades compreendidas entre 12 e 16 anos e treinava-nos com técnicas de assaltos a residências.

O porta-voz da Polícia em Sofala, Daniel Macuácua, disse que seis destas crianças roubaram vários bens em estabelecimentos comerciais, incluindo dois computadores no Conselho Municipal de Dondo.

Entretanto, um dos indiciados, cujo nome não apurámos, refutou as acusações, reconhecendo, porém, ter adquirido um computador numa das crianças envolvidas.

Jornal Notícias

Advertisements

COMENTE PELO FACEBOOK