Economia Banco Mundial financia eletrificação em Moçambique com 35 milhões de dólares

Banco Mundial financia eletrificação em Moçambique com 35 milhões de dólares

Receba atualizações de trabalhos do MMO Emprego

Siga o nosso canal do Whatsapp para receber atualizações diárias anúncios de vagas.

Clique aqui para seguir

O Banco Mundial está financiando a implementação do PRO-ENERGIA, um projeto de eletrificação dos bairros e zonas de expansão nas cidades de Nampula, Nacala-Porto e Angoche, em Moçambique.

O projeto conta com um orçamento de cerca de 35 milhões de dólares americanos.

Detalhes do projeto

  • Objetivo: Ampliar o acesso à energia elétrica para a população das cidades de Nampula, Nacala-Porto e Angoche.
  • Financiamento: 35 milhões de dólares americanos do Banco Mundial.
  • Desembolso: O valor será desembolsado por fases até 2030.
  • Obras em andamento: Eletrificação de dez postos administrativos da província de Nampula, com um orçamento de 12 milhões de dólares.
  • Conclusão prevista: As obras de eletrificação dos postos administrativos de Olúzi e Calipo, no distrito de Mogovolas, e Nihessiue em Murrupula, serão concluídas em 2024.

O PRO-ENERGIA espera beneficiar milhares de famílias em Moçambique, proporcionando-lhes acesso à energia elétrica e melhorando a qualidade de vida. O projeto também contribui para o desenvolvimento económico das cidades beneficiadas, impulsionando a criação de novos negócios e oportunidades.

O acesso à energia elétrica é um fator essencial para o desenvolvimento económico e social de Moçambique. O PRO-ENERGIA e outras iniciativas do governo contribuem para a concretização do objetivo de universalizar o acesso à energia no país.