Curiosas Violador em série condenado a mais de 150 anos de prisão

Violador em série condenado a mais de 150 anos de prisão

Receba vagas no seu WhatsApp

Siga o nosso canal do WhatsApp para receber vagas no status do WhatsApp.

Clique aqui para seguir

Um violador em série foi condenado a mais de 150 anos de prisão no Estado norte-americano do Indiana, noticiou uma estação televisiva.

Os procuradores acusaram Darrell Goodlow em 2021 por 57 crimes, incluindo violação, roubo e sequestro.

O norte-americano declarou-se culpado de novas acusações em março, incluindo oito crimes de violação e um crime por ter morto um animal doméstico, como parte de um acordo judicial.

O juiz superior de Marion, Mark Stoner, condenou Darrell Goodlow a 156 anos e meio atrás das grades, de acordo com a WIXN-TV, citada pela agência Associated Press (AP).

A reportagem desta televisão não indicou quando é que Goodlow foi condenado.

Registos ‘online’ do tribunal indicam que o caso foi resolvido na sexta-feira, mas não dizem se a sentença foi proferida nessa altura.

Os procuradores alegaram que Goodlow tinha como alvo mulheres na faixa dos 60 e 70 anos no lado leste de Indianápolis e em Lawrence no subúrbio.

A justiça norte-americana acusou Goodlow de agredir sexualmente oito mulheres em seis ocasiões diferentes entre agosto de 2020 e setembro de 2021.

Em alguns casos, este vestiu-se com roupa de trabalhador de condomínio para ter acesso às casas de suas vítimas.

Segundo a polícia, matou um dos cães das suas vítimas durante um ataque.

Uma impressão digital num dos locais permitiu aos investigadores a identificação deste norte-americano.

Estes também compararam o seu ADN com provas recolhidas em todos os oito casos.

Ganhe 1000MT hoje no Aviator. Comece com 10MT.