Sociedade Cidadãos paquistaneses retidos no comando distrital da PRM em Morrumbala

Cidadãos paquistaneses retidos no comando distrital da PRM em Morrumbala

Receba vagas no seu WhatsApp

Siga o nosso canal do WhatsApp para receber vagas no status do WhatsApp.

Clique aqui para seguir

Sete cidadãos de Nacionalidade paquistanesa, estão retidos desde a madrugada desta quarta-feira no Comando Distrital da PRM em Morrumbala, na Zambézia, por entrada ilegal em Moçambique.

O grupo foi interpelado na região de João Ntara, que dista a cerca de dez quilómetros da sede distrital, transportados em motorizadas com destino a vila de Caia em Sofala.

O Chefe das Operações no Comando Distrital da PRM em Morrumbala, Felizardo Nhantuate, explicou que os passaportes de todos paquistaneses não têm registo migratório que autoriza a entrada ao país.

Na companhia dos setes cidadãos estrangeiros oriundos da vizinha república de Malawi, também foram detidos dois indivíduos, que exercem actividade de mototaxi.

A polícia da República de Moçambique diz que foram responsáveis pelo transporte, dos imigrantes ilegais a partir do posto de travessia de Megaza em Morrumbala.

Por seu turno, um dos paquistaneses disse a nossa reportagem, que tinham como destino à África do Sul.

Refira-se que esta é a segunda vez em menos de uma semana, em que são neutralizados imigrantes ilegais em Morrumbala, idos do Malawi a partir da fronteira de Megaza.

A primeira vez ocorreu a 1 deste mês, tendo sido neutralizados onze imigrantes ilegais.

Ganhe 1000MT hoje no Aviator. Comece com 10MT.