Destaque Ameaça terrorista em Cabo Delgado prevalece, alerta chefe da SAMIM

Ameaça terrorista em Cabo Delgado prevalece, alerta chefe da SAMIM

O chefe da Missão Militar da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SAMIM), Mpho Molomo, alerta que a ameaça terrorista em Cabo Delgado prevalece, apesar das derrotas que dos rebeldes.

Segundo o chefe da SAMIM, os grupos terroristas que aterrorizam a província desde 2017 continuam nas matas, estando, esporadicamente, a efetuar contraofensivas, que só podem ser travadas com a cooperação das forças da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC).

“Estamos a estabilizar a situação, mas não podemos dizer que já vencemos o terrorismo”, declarou Mpho Molomo, durante uma palestra para estudantes da Universidade Eduardo Mondlane, em Maputo.

“Temos de cooperar para garantir que se há um ataque deste lado, os terroristas sejam bloqueados do outro”, declarou Mpho Molomo, admitindo que as forças estrangeiras que apoiam Moçambique no combate ao terrorismo ainda não destruíram todas as bases dos rebeldes.

Por outro lado, o chefe da SAMIM alertou para os traumas do conflito entre mulheres e crianças afetadas pela ação dos rebeldes.

“Tive a oportunidade de visitar alguns dos centros de acolhimento e é chocante perceber como as pessoas podem ser brutais. Conheci mulheres que foram violadas nas florestas. Quando eles capturam uma mulher, primeiro a submetem a um teste de sida e, caso ela tenha o resultado negativo, eles tomam-na como uma esposa”, declarou.

Artigo anteriorArranca amanhã terceira jornada do Moçambola
Próximo artigoEtiópia: Rebeldes do Tigray libertam prisioneiros de guerra