Início Sociedade Tribunal Judicial de Pemba condenou antigo edil por corrupção a dois anos...

Tribunal Judicial de Pemba condenou antigo edil por corrupção a dois anos de prisão

Tagir Ássimo Carimo foi considerado culpado por crimes de corrupção durante o seu mandato como presidente do Conselho Municipal de Pemba. Tribunal converteu pena de dois anos de reclusão ao pagamento de multa.

O Tribunal Judicial de Cabo Delgado condenou na quinta-feira (29.07) o antigo edil de Pemba, Tagir Assimo Carimo, a uma pena de dois anos de prisão, por crimes de corrupção cometidos durante os oito anos em que esteve à frente da edilidade na capital provincial.

O político da Frente de Libertação de Moçambique (FRELIMO) foi eleito presidente do Conselho Municipal de Pemba em caráter provisório em 2011. Em 2014, acumulou as funções de edil de Pemba e presidente do Conselho de Administração da Associação Nacional de Municípios de Moçambique.

Tagir Carimo não será preso porque a sua pena foi convertida em multa. Durante a leitura do veredito, o juiz Zacarias Napatima destacou que Carimo violou as suas obrigações legais no exercício de suas funções.

FONTEDW
Artigo anteriorPresidente das Filipinas recuou da decisão e permitiu exercícios militares dos EUA no país
Próximo artigoFronteira Colômbia-Venezuela apresenta maior quantidade de plantios de narcóticos do mundo