Os indivíduos que comiam regularmente a fruta tinham 79% mais probabilidade de desenvolver a doença.

Os citrinos contêm uma substância chamada psoraleno que torna a pele sensível à radiação UV que causa o cancro da pele.

Como tal, pessoas que consomem mais frutas cítricas, particularmente laranjas e sumo de laranja, apresentam, segundo os cientistas, um risco significativamente mais elevado de adoecerem vítimas de um melanoma mortal.