Dezenas de pessoas morreram na segunda-feira no Níger durante uma série de ataques perto de Banibangou, na região ocidental de Tillabéri, perto do Mali, segundo informaram fontes locais.

“Um dos ataques ocorreu na segunda-feira à tarde e teve como alvo um veículo que transportava passageiros na estrada Banibangou-Chinégodar e cerca de 200 pessoas morreram”, disse um aldeão, por telefone, citado pela agência France-Presse.

Um governante local e uma fonte da administração local disseram estar “conscientes dos ataques”, mas não puderam dar uma estimativa das mortes ou apresentar as circunstâncias que levaram a estes ataques.

Os ataques não foram ainda confirmados pelo Governo de Niamey.

Banibangou é o lar de um dos mais importantes mercados semanais desta região, próxima da fronteira com o Mali.

A região de Tillabéri está localizada na zona das “três fronteiras” Níger-Mali-Burkina, frequentemente atacada por grupos ‘jihadistas’.

Há vários anos que o Níger — tal como os vizinhos Mali e Burkina Faso – é atormentado por ataques ‘jihadistas’ nas zonas oeste e sudeste, tendo já morrido centenas de pessoas no processo.

Em 02 de janeiro, cerca de uma centena de pessoas foram mortas em ataques a duas aldeias nesta região, naquele que foi um dos piores massacres de civis na história do Níger.