Início Internacional Africa Guiné-Bissau: demitido director de gabinete nacional da Interpol

Guiné-Bissau: demitido director de gabinete nacional da Interpol

O Director do Gabinete Nacional de Interpol foi demitido das suas funções pelo Ministro da Justiça, Fernando Mendonça. Para o cargo foi nomeado o antigo Procurador-geral da República, Bacari Biai.

Melancio Correia, quadro da Polícia Judiciária guineense, foi exonerado do cargo, depois da Secretária-geral da Interpol ter indeferido a solicitação da publicação do pedido de aviso vermelho, feito a 12 de Dezembro de 2019, pelo Ministério Público da Guiné-Bissau, contra o líder do PAIGC, Domingos Simões Pereira.

A decisão do Ministro da Justiça, Fernando Mendonça, aconteceu no dia em que os advogados do Presidente do PAIGC consideram, em conferência de imprensa, que o “Gabinete Nacional de Interpol acabou por sair beliscado, por ter permitido a ‘interferência’ do Procurador-geral e do Presidente da República, em aceitar solicitar a emissão de mandado de captura internacional, quando sabia, que tal pedido colide de forma frontal e grosseira com as normas da Polícia Internacional”.

FONTEVOA
Artigo anteriorJovem muda de sexo para poupar dinheiro no seguro do carro
Próximo artigoMoçambique testa nova variante da Covid-19 nos laboratórios sul africanos