Brayden Leroy Wright, de 13 anos, vai ser julgado como um adulto pela morte do seu irmão, de nove anos. Os dois terão encontrado a pistola do pai no sofá da sala e decidiram brincar ao ‘Polícia e Ladrão’. Brayden acabou por alvejar o irmão, que morreu.

O pai das crianças admitiu ter sempre uma arma carregada em casa,  e escondida no sofá, para proteção pessoal

À polícia, o rapaz conta que se irritou com o irmão durante o jogo, porque este não estava a colaborar com as suas ordens, e acabou por apontar a arma à cabeça do irmão, antes de disparar.

Terá sido o próprio Brayden a dar o alerta às autoridades. Quando a polícia chegou ao local, encontrou a criança a sangrar da cabeça e em paragem cardíaca, tendo sido declarada morta pouco depois de chegar ao hospital.