Ataque mais sangrento na Europa depois da Segunda Guerra Mundial deixou cerca de 8 mil mortos, a maioria muçulmana, e 20 mil deslocados.

Neste sábado (11), o mundo lembra os 25 anos do Massacre de Srebrenica, uma cidade multiétnica localizada no extremo leste da Bósnia e Herzegovina. No ataque, em meio ao sangrento conflito da Guerra da Bósnia, cerca de 8 mil pessoas foram assassinadas e outras 20 mil tiveram que fugir da cidade para sobreviver.