«Durante o verão, Bruno Fernandes pensou em ir para o Tottenham, mas acho que a saída do treinador (Mauricio Pochettino) mudou muita coisa», confessa Yannick Bolasie em declarações ao jornal Mirror.

Chegado à janela do mercado de transferências de Janeiro, e já com José Mourinho a ocupar o lugar de Pochettino no comando técnico do Tottenham, Bruno Fernandes acabou por rumar à Premier League, mas para vestir a camisola do Manchester United.

«Foi uma boa opção por parte do clube e é uma boa transferência para Bruno Fernandes. O Manchester United é um clube monstruoso independentemente do lugar que ocupam actualmente na classificação. Tem a possibilidade de brilhar no clube, mas tudo depende dos resultados», acrescentou

O avançado, que iniciou a época no Sporting cedido pelo Everton, partilhou o que observou de Bruno Fernandes nestes seis meses em Alvalade:

– Tem muito para dar. Acho que vai corresponder às expectativas. Quando estava no Sporting era ele que controlava os jogos. Tudo o que a equipa fazia passava por ele. Sabe usar os dois pés e não tem medo de rematar com o esquerdo, ainda que o direito seja o mais forte.

«Tem qualidade no passe, na marcação de livres e penáltis. Gosta de marcar golos e fazer assistências. Conhece as suas capacidades e pode entender-se bem com os avançados. Tem um estilo próprio porque esteve em Itália, mas é um jogador com semelhanças a De Bruyne, David Silva e Eriksen», acrescentou.

Bolasie disse ainda estar curioso para ver como Bruno Fernandes se adapta ao estilo de jogo do Manchester United e da Premier League: «Ele sempre quis jogar em Inglaterra e vai ser um bom este para ele. Em Portugal o jogo é muito mais lento e, em certos jogos, podia correr com a bola. Na Premier League, seja qualquer for o adversário, não vão dar-te espaço.»