Após muitos avanços e recuos, o Manchester United decidiu não avançar para a contratação de Bruno Fernandes, por quem o Sporting pediu 70 milhões de euros. 

Segundo  se pode ler no suplemento de desporto do jornal britânico Daily Mail, o Manchester United acompanhou, de facto, sempre de muito perto o jogador leonino, mas os seus observadores acabaram por considerar que o estilo de jogo de Bruno Fernandes não se adequava ao pretendido pelo treinador Ole Gunnar Solskjaer.

O treinador dos red devils priveligia a posse de bola e o departamento de scout do clube mostrou preocupação sobre essa característica do médio do Sporting. Mesmo tendo em conta que joga em posição avançada , junto ao ponta de lança, Bruno Fernandes registou média de passes completos ao longo da última época na ordem dos 75,1 por cento. O Daily Mail aponta, como comparação, que Paul Pogba completou 82,8 por cento dos passes, enquanto Kevin De Bruyne, do Manchester City, sempre que jogou em posição semelhante, registou constantemente média acima dos 82 por cento.

A juntar a este dado, as constantes notícias em toda a imprensa sobre o interesse do clube no jogador acabaram por levar à desistência, ainda que, sempre de acordo com o Daily Mail, o reforço do meio-campo continue a ser prioritário para a próxima janela de transferências, em Janeiro.

A Bola