As chuvas fortes estão a inundar grande parte do Paquistão, deixando muitas zonas da cidade de Carachi debaixo de água, e causaram já pelo menos 17 mortos.

O coordenador das equipas de socorro, Anwar Kazmi, disse hoje à agência AP que sete pessoas morreram electrocutadas e três outras soterradas debaixo de um telhado que desabou em Carachi.

As fortes chuvas e inundações começaram na madrugada de ontem, tendo as autoridades registado mais de 180 milímetros de chuva na cidade portuária.

O agente da polícia Idrees Khosa acrescentou, por seu lado, que cinco pessoas morreram numa inundação e que outras duas foram electrocutadas na província de Punjab, que também está a ser afectada por chuvas fortes.

De Junho a Setembro, a Ásia do Sul vê-se a braços com a época das monções, que, todos os anos, é acompanhada por um grande número de vítimas e destruição.

Porém, as chuvas são essenciais para a irrigação de cultivos e o abastecimento de água no subcontinente indiano, onde vive um quinto da população mundial, mas que é também um período que regista mortos.

Notícias ao Minuto