Um homem morreu na quarta-feira depois de ficar preso na porta de um avião. Segundo a CNN, o invulgar incidente ocorreu durante trabalhos de manutenção no aparelho da SpiceJet, que estava no aeroporto internacional Netaji Subhash Chandra Bose, em Calcutá.

A vítima, um técnico identificado como Rohit Pandey, estava a fazer trabalhos de manutenção quando a porta hidráulica se fechou “inadvertidamente”, tendo o homem ficado preso. De acordo com o director do aeroporto de Calcutá, Kaushik Battacharya, foi chamado um médico ao local mas não conseguiram “retirar Pandey e a porta teve de ser cortada por mecânicos”.

Pandey acabou por morrer pouco tempo depois dos mecânicos terem conseguido abrir a porta o suficiente para o retirarem.

A Direcção Geral de Aviação Civil da Índia já está a investigar este caso.

Em comunicado, a SpiceJet afirmou estar “muito triste” com este “infeliz incidente”.

Notícias ao Minuto