Desconhecidos estão aproveitar-se da desgraça provocada pelos ciclones Idai e Kenneth para burlar cidadãos que necessitam de reposição urgente de energia eléctrica.

A situação está a preocupar a empresa Electricidade de Moçambique, que decidiu intensificar a campanha contra cobranças ilícitas, para evitar mais prejuízos aos seus clientes.

As cobranças ilícitas no processo de reposição de energia eléctrica, é um problema antigo, no entanto, os casos tendem a aumentar nas zonas centro e norte, devido ao elevado número de clientes que ficou às escuras depois da passagem de ciclones tropicais, que destruíram várias linhas de transporte e distribuição de corrente eléctrica.

Para evitar prejuízos aos seus clientes, a empresa Electricidade de Moçambique, lançou uma campanha no norte do país, para a sensibilização da população, no entanto, como ainda não se conhecem os autores das cobranças ilícitas, a mobilização começou dentro da instituição, onde foi declarada tolerância zero.

A EDM reconhece a preocupação dos clientes que estão cansados de ficar às escuras, no entanto, pede paciência para que sejam evitados mais prejuízos, além da destruição provocada pelo Idai e Kenneth.

Desde que Moçambique foi fustigado pelos ciclones Idai na zona centro, em Março deste ano, e o Kenneth, no norte do país, em Abril último, a EDM conseguiu repor alguns danos causados, no entanto, muitos clientes continuam sem energia eléctrica.

O País