Seis pessoas morreram dentro de uma igreja católica no Burkina Faso, este domingo, depois do edifício ter sido incendiado por atacantes durante a realização de uma missa.

Entre as vítimas estará o padre.

A informação é avançada pela AFP que cita autoridades locais. “Por volta das 9h [hora local, 8h em Portugal], durante a missa, homens armados entraram na igreja católica… começaram a disparar e as pessoas tentaram fugir”, indicou um responsável local à agência.

Os militantes pegaram depois fogo à igreja e a edifícios que estavam nas proximidades.

Este é o segundo ataque numa igreja católica no Burkina Faso em menos de duas semanas. No domingo de 28 de Abril, também durante uma missa, homens armados atacaram uma igreja norte do país africano, vitimando seis pessoas. Entre as vítimas, estava o padre, dois dos seus filhos e outras três pessoas.

Recorde-se que os ataques a igrejas católicas no Burkina Faso têm sido constantes desde 2016, com a erupção de uma onda de violência levada a cabo por militantes de grupos como a al-Qaeda, o Estado Islâmico ou grupo local Ansarul Islam.

Notícias ao Minuto