A cidade finlandesa de Tampere acolhe por estes dias o Mundial Sub-20 de atletismo, um evento que reúne jovens atletas de todo o mundo e que este ano está a causar polémica.

No cerne da questão está a etíope Girmawit Gebrzihair, que conquistou a medalha de bronze na prova dos 5000 metros e que desde então tem visto a sua imagem circular nas redes sociais, com os internautas a questionarem a sua verdadeira idade.

Na ficha oficial da Associação Internacional de Federações de Atletismo, a atleta está registada com a data de aniversário no dia 21 de Novembro de 2001, o que lhe confere 16 anos.

No entanto, têm sido muitos aqueles que têm questionado a veracidade do documento, afirmando que a mulher não aparenta ser uma adolescente.

A questão que se impôe é agora determinar se esta dúvida levantada não passa de uma mera especulação ou se há realmente suspeitas reais relativamente à participação da atleta na prova.

CM