Um tribunal da Suécia condenou a prisão perpétua o autor do ataque terrorista na cidade de Estocolmo Abril do ano passado, avança a BBC. Rakhmat Akilov, de 40 anos e natural do Uzbequistão, roubou um camião e atropelou várias pessoas numa das ruas mais movimentadas da cidade. Cinco pessoas morreram e 10 ficaram feridas na sequência deste ataque. 

O objectivo de Akilov era provocar um número maior de vítimas. No interior da viatura a polícia descobriu um explosivo feito de botijas de gás e com pregos, que acabou por não explodir como previsto e causou apenas um pequeno incêndio no camião.

Depois do atropelamento, Akilov fugiu do local mas as autoridades suecas conseguiram localizá-lo e detê-lo rapidamente. Durante o interrogatório confessou ter sido o autor do ataque.

Apesar do Estado Islâmico nunca ter reivindicado o ataque, Akilov tinha expressado anteriormente simpatia pelo grupo terrorista.

Rakhmat Akilov deixou o Uzbequistão e viajou para a Suécia em 2014, onde pretendia obter asilo. No entanto, em Dezembro de 2016 as autoridades suecas comunicaram-lhe que o seu pedido tinha sido rejeitado e que tinha quatro semanas para deixar o país. Desapareceu e meses antes do ataque foi colocado numa lista de pessoas procuradas.

Notícias ao Minuto