A polícia deteve em Maputo, um indivíduo angolano por tentar tratar bilhete de identidade usando documentos alegadamente falsos, na Direcção de Identificação Civil da Cidade.

O indivíduo em causa chama-se Albino Fernando Manuel e está em Maputo desde o ano passado.

O assento de nascimento apresentado pelo angolano diz que é natural de Chibuto, província de Gaza. Mas, depois de uma série de questões da Direcção de Identificação Civil, apresentou o seu passaporte de origem angolana.

Os técnicos em serviço procuraram obter mais informação sobre a aquisição do assento e Albino Manuel explicou que foi por intermédio de uma amiga.

Além do passaporte angolano, o cidadão possui um cartão de residência da República Popular da China, mas sobre este, garante não haver nenhuma ilegalidade.

Albino Manuel não convenceu e foi entregue às autoridades que o detiveram para esclarecimento.

A Direcção de Identificação Civil diz que pelo menos 22 cidadãos de nacionalidade estrangeira devolveram bilhetes de identidade  falsos e seis funcionários desta instituição foram expulsos por envolvimento neste casos.

O País

COMENTE PELO FACEBOOK