Uma mãe que sufocou acidentalmente o seu bebé recém-nascido vai processar o hospital onde ocorreu a morte.

De acordo com a BBC, Monica Thompson acusa as enfermeiras de negligência por terem permitido que amamentasse o bebé de quatro dias ainda sob o efeito de sedativos e sem supervisão.

O caso remonta a Agosto de 2012. A criança foi levada até Monica Thompson que a começou a amamentar mas acabou por adormecer. Quando acordou, o bebé estava já inconsciente.

De acordo com o processo, citado pela BBC, tinham sido administrados “analgésicos e calmantes” à mulher no início daquela noite de 6 de Agosto. Seis dias depois do incidente, foi retirado o suporte básico de vida ao bebé depois dos médicos considerarem que nunca recuperaria dos danos cerebrais que sofreu.

Monica Thompson pede ao Portland Adventist Medical Center uma indemnização de 8,6 milhões de dólares, tanto pelo sofrimento do bebé como pelo impacto emocional que matar o seu primeiro filho teve nela própria.

Notícias ao Minuto

Advertisements

COMENTE PELO FACEBOOK