carregando...

A crise económica dificulta a vida aos moçambicanos. A situação dos comerciantes em Nampula é agravada pela incapacidade do Governo provincial de pagar as facturas. Os responsáveis prometem solução ainda este ano.

Vários comerciantes da província de Nampula dizem que se sentem sufocados pela crise financeira que abala o país. Os empresários acusam o Governo de lhes dever dinheiro pelo fornecimento de produtos e serviços. Caetano Brito trabalha na área da restauração e ainda está à espera de pagamentos referentes a 2014. O restaurante-bar de Caetano Brito fazia refeições para eventos governamentais: “A crise é péssima. Penso que todos nós [empresários e a população em geral] estamos afectados com esta situação da crise.

Caetano Brito teve de fechar o restaurante no centro da cidade de Nampula. O empresário não quis explicar em detalhe o que levou ao encerramento, mas acredita que, se o Governo não pagar o que deve, muitas empresas podem ir a falência: “A solução é trabalharmos mais e o Governo pagar as dívidas. Porque nós sem o Governo e o Governo sem o sector privado, não se faz nada, porque quem é o fazedor da economia do país é o sector privado.

DW

COMENTE PELO FACEBOOK