carregando...

Um cidadão assassinou a sua cunhada de 14 anos de idade, após confundi-la com a esposa, com quem acabava de travar uma discussão, devido a problemas conjugais, em Homoíne, província de Inhambane.

Sobre este caso, uma fonte policial apurou que a mulher do suposto homicida recolheu os seus pertences e abandonou o lar porque se sentia destratada pelo próprio marido.

Todavia, o esposo, não concordando com a decisão da sua consorte e alegando que tinha gasto pelo menos 2.900 meticais aquando da cerimónia de apresentação, recorreu a meios inadequados para evitar ser largado.

Julgando-se lesado, ele dirigiu-se à casa dos pais da mulher, onde na tentativa de golpear a parceira com uma arma branca atingiu mortalmente a cunhada.

@Verdade

COMENTE PELO FACEBOOK