A Inspecção Nacional das Actividades económicas (INAE), através de um comunicado denúncia a existência de indivíduos que se fazem passar por inspectores e burlam agentes económicos.

Segundo o documento enviado a nossa fonte, os burladores fazem se passar por inspectores do INAE solicitando valores monetários aos agentes económicos para serem canalizados em plataformas MKESH e M-Pesa, como condição para que não sejam inspeccionados.

A INAE afirma ainda que os falsos inspectores, também exigem os valores como condição para a não aplicação de multas ou encerramento dos estabelecimentos comerciais.

Para evitar que os agentes económicos sejam burlados, a INAE recomenda que em caso de inspecção, o agente económico deve solicitar a identificação dos inspectores, no mínimo dois.

Folha de Maputo