A República Checa quer reatar a cooperação com Moçambique, no que consiste com a área de desenvolvimento de projectos com duração a longo prazo.

Segundo o ministro dos Negócios Estrangeiros, Loubomir Zaoràlek, a cooperação serve de manifestação de interesse em estabelecer contactos a nível de relações económicas entre os dois países. Assim, mesmo reconhecendo que Moçambique está ainda em expansão o ministro acredita que os contactos vão contribuir para o desenvolvimento sustentável.

Deste modo, o ministro em causa está acompanhado de 15 empresas que estão neste momento a estabelecer relações com os empresários para que haja uma cooperação forte.

De realçar, que a República Checa tem como áreas fortes a defesa, principalmente em termos de equipamento (electrónico, de formação, fronteiras) e formação.