O vice-presidente da Comissão da Migração Digital (COMID), Simão Anguilaze, considera Moçambique um dos países com mais canais transmitidos em sinal aberto ao nível mundial.

Trata-se de cerca de doze canais transmitidos em sinal aberto, facto que para Anguilaze constitui uma situação preocupante em relação aos outros países, dando como exemplo a vizinha África do Sul que apenas tem dois.

Refira-se que até ao momento prevê-se que em Moçambique todos os canais sejam transmitidos em sinal fechado, incluindo a televisão mãe (Televisão de Moçambique) a partir do dia 17 de Junho próximo quando vigorar a obrigatoriedade, em todo mundo, da transmissão digital para a televisão e mais tarde para a rádio.