O Instituto de Promoção de Exportações (IPEX), entidade responsável pela maior feira comercial do país, confirmou a presença de 25 países expositores para a 50ª edição da Feira Internacional de Maputo (FACIM).

Para além dos habituais expositores como a África do Sul, Portugal, Alemanha, Brasil, esta edição conta com a presença de quatro países novos. Trata-se das Ilhas Comores da Finlândia, Islândia e Noruega.

Segundo o Presidente do Conselho de Administração do IPEX, João Macaringue, o número representa um aumento de três países comparativamente a edição passada em que participaram 22 Estados.

De acordo com o IPEX pouco mais de 70 empresas portuguesas confirmaram a presença na presente edição da FACIM que irá realizar-se entre os dias 25 a 31 de Agosto, em Ricatla, distrito de Marracuene, província de Maputo.

Espera-se que pouco mais de 2700 empresas, entre nacionais e estrangeiras exponham seus produtos e serviços na feira, um número superior a edição passada que contou com duas mil empresas.

Os expositores registados até ao momento pertencem as áreas de construção, agro-alimentar, metalurgia e metalo-mecânica, tecnologias de informação e comunicação, material eléctrico e electrónico, bem como dos ramos farmacêutico e mobiliário.

A FACIM surgiu por iniciativa de um grupo de colonos portugueses ligados a variados interesses financeiros e agrícolas, com o objectivo de demonstrar a vitalidade económica da então província de Moçambique. A 1ª edição foi inaugurada em Julho de 1965 nas antigas instalações da FACIM na baixa da cidade de Maputo.

Refira-se que desde 2011 que a FACIM passou a ser realizada em Ricatla, sendo esta a 4ª edição onde as empresas irão ocupar uma área total de 27.600 metros quadrados cobertos.