Uma delegação  empresarial japonesa chefiada pelo vice-ministro dos Negócios Estrangeiros do Japão, Norio Mitsuya, inicia hoje uma visita de dois dias a Moçambique.

A delegação, em que se integram algumas das maiores empresas japonesas, participará em encontros institucionais entre os ministérios dos Negócios Estrangeiros dos dois países, e em reuniões com empresários moçambicanos.

Na missão empresarial japonesa contam-se 18 empresas dos sectores de comércio, engenharia, banca, construção, energia, indústria e consultoria, algumas das quais mundialmente conhecidas, como a Mitsubishi Corporation, a Mitsui & CO.,LTD, o Bank of Tokyo – Mitsubishi UFJ, Ltd, a Nippon Steel & Sumitomo Metal Corporation ou a Toyota Tsusho Corporation.

A visita do vice-ministro dos Negócios Estrangeiros do Japão, Norio Mitsuya, segue-se à visita efectuada há 7 meses pelo primeiro-ministro, Shinzo Abe que anunciou um investimento de 670 milhões de dólares no projecto de desenvolvimento do corredor de Nacala, no norte de Moçambique.

O Japão participa ainda com Moçambique e o Brasil no projecto agrícola Pro-Savana, ao longo do corredor de Nacala, nas províncias de Nampula, Zambézia e Niassa, numa área de cerca de 14 milhões de hectares.