A Polícia da República de Moçambique (PRM) deteve ao princípio desta semana, na cidade de Xai-Xai, dois jovens de 21 e 23 anos de idade, respectivamente, indiciados de terem assassinado uma mulher de 58 anos de idade que em vida respondia pelo nome de Rosana Cassamo. Os meliantes queriam dinheiro.

O porta-voz do Comando Provincial da PRM em Gaza, Jeremias Langa, deu a conhecer ao Canalmoz que o grupo é composto por três indivíduos, um dos quais ainda está fugitivo.

Acrescentou que os mesmos são indiciados de terem se introduzido, por volta das 00h50 do dia 13 de Fevereiro corrente, por meio de arrombamento de uma janela, na residência da Rosana Cassamo, com propósitos de roubar dinheiro.

“No interior da casa, ameaçaram toda a família, exigindo valores monetários, os membros da família gritaram pedindo socorro”, disse Jeremias Langa, acrescentando que “por causa dos gritos de socorro, os acusados esfaquearam mortalmente a vítima, por sinal dona da casa, e puseram-se em fuga”.

A Polícia diz que a neutralização ocorrida nos dias 13 e 16 do corrente mês resultou de diligências feitas e garante que o trabalho continua com vista a neutralizar o terceiro integrante do grupo ora fugitivo.