Internacional Destroços da ponte de Baltimore removidos após explosão controlada

Destroços da ponte de Baltimore removidos após explosão controlada

Receba vagas no seu WhatsApp

Siga o nosso canal do WhatsApp para receber vagas no status do WhatsApp.

Clique aqui para seguir

Na segunda-feira, várias equipas do exército dos EUA detonaram explosivos estrategicamente colocados para destruir os destroços da ponte Francis Scott Key, em Baltimore, permitindo a remoção do navio de carga Dali, que estava preso sob os escombros desde o dia do acidente.

A explosão gerou uma grande nuvem de fumo preto e fez com que os destroços metálicos caíssem no rio.

O incidente, ocorrido no dia 26 de março, deixou o navio de carga Dali preso sob os escombros da ponte. A explosão controlada era necessária para libertar a embarcação, que será rebocada por três ou quatro rebocadores até ao terminal mais próximo do porto, onde deverá permanecer várias semanas para reparações.

As autoridades confirmaram que a detonação ocorreu conforme planeado. “Este foi um grande marco”, afirmou o coronel Estee Pinchasin, comandante distrital de Baltimore do Corpo de Engenheiros do Exército.

Durante a explosão, a tripulação do Dali permaneceu a bordo sem sofrer qualquer ferimento ou problema. Os 21 tripulantes a bordo não foram autorizados a abandonar o navio desde que este colidiu com a ponte, resultando no seu desabamento.

O acidente foi causado por duas falhas de energia no navio, devido ao disparo inesperado de disjuntores elétricos, que levaram à colisão com a estrutura da ponte, causando o seu desabamento e resultando em seis mortes.

Ganhe 1000MT hoje no Aviator. Comece com 10MT.