Destaque Naufrágio ao largo do Senegal deixa pelo menos 24 mortos

Naufrágio ao largo do Senegal deixa pelo menos 24 mortos

Receba atualizações de trabalhos do MMO Emprego

Siga o nosso canal do Whatsapp para receber atualizações diárias anúncios de vagas.

Clique aqui para seguir

Pelo menos 24 migrantes que seguiam de barco do Senegal para Espanha perderam a vida após a embarcação em que viajavam se ter afundado ao largo da costa de Saint-Louis, de acordo com os serviços de emergência senegaleses.

De acordo com informações dos bombeiros citadas pela agência pública de notícias senegalesa APS, a Marinha de Guerra francesa está a participar nas operações de busca pelos restantes passageiros da embarcação, que tinha partido com 280 pessoas a bordo.

A embarcação partiu de Joal-Fadiouth, uma cidade situada a sudeste de Dacar, com destino a Espanha, segundo as mesmas fontes.

As operações de resgate continuam em curso, especialmente na fronteira entre o Senegal e a Mauritânia, onde se localiza Saint-Louis.

Os corpos das vítimas foram transportados para a morgue do hospital regional da cidade de Saint-Louis.

O Senegal é uma rota de trânsito para migrantes que tentam chegar às Ilhas Canárias, pertencentes a Espanha. A rota atlântica registou números recorde em 2023, superando os registos de 2006, quando 31.678 pessoas alcançaram o arquipélago espanhol.

Esta rota migratória entre a costa africana e as ilhas espanholas é considerada uma das mais perigosas do mundo, com uma taxa de mortalidade nos últimos anos de uma vítima por cada vinte sobreviventes, o dobro do registado no Mar Mediterrâneo.