Destaque Assaltado autocarro na África do Sul com destino a Maputo

Assaltado autocarro na África do Sul com destino a Maputo

Um autocarro que se dirigia para Maputo, foi assaltado em território sul-africano por um grupo armado, ao princípio da noite de quinta-feira, a sete quilómetros da fronteira, disse à Lusa fonte da transportadora.

Vários bens foram roubados, nenhum dos passageiros sofreu ferimentos, mas entre adultos e crianças várias pessoas podem ter ficado traumatizadas, referiu a mesma fonte da Cheetah Express.

O autocarro regular tinha saído de Mbombela (também conhecida como Nelspruit), cidade a cujos serviços e comércio recorrem muitos moçambicanos, e viajava para Maputo quando o incidente aconteceu.

Pelas 18:45 horas, já durante a noite, o veículo estava a sete quilómetros da fronteira quando encontra uma fila de camiões junto à uma báscula de procedimentos aduaneiros, antes do cruzamento para Komatiport e para o parque natural Kruger.

A fronteira é usada por minas de ferrocrómio para exportação através do porto de Maputo e nalguns dias juntam-se centenas de pesados, complicando a circulação para o resto das viaturas.

No meio do engarrafamento, 14 assaltantes munidos de catanas, paus, pedras e armas de fogo ameaçaram o condutor e passageiros e assaltaram o autocarro, levando joias, passaportes, compras e malas de bagagem, relatou a empresa no Facebook.

Recomendado para si:   Prevista asfaltagem da via Malhampsene-Mulotana

A transportadora anunciou um reforço de medidas de prevenção, entre as quais, partidas mais cedo desde Mbombela, com menos paragens, para atravessar a fronteira antes de a noite cair.