Destaque Mineradoras pedem mais segurança em Cabo Delgado

Mineradoras pedem mais segurança em Cabo Delgado

As empresas mineiras Kenmare e Syrah Resources manifestaram esta quinta-feira, 23 de Junho, em Maputo, no decorrer da primeira Cimeira de Energia e Indústria de Moçambique, preocupação com a qualidade das infra-estruturas e segurança em Cabo Delgado, pois os factores acarretam custos operacionais elevados para as empresas.

“O nosso maior desafio em Cabo Delgado é a segurança. A instabilidade cria vários problemas do ponto de vista da continuidade das operações, as pessoas não se sentem seguras. Na semana passada, o preço das nossas acções caiu em 20% quando foi anunciada a paragem da operação devido aos ataques em Cabo Delgado que, entretanto, já retomámos”, disse o director geral da Syrah Resources em Moçambique, Agnaldo Laice.

De acordo com o Diário Económico, além da questão da segurança em Cabo delgado, a multinacional produtora de grafite (Material Activo Ânodo), que recentemente chegou a um acordo de fornecimento com a gigante multinacional Tesla, de Elon Musk, mostra-se “preocupada” com a qualidade das infra-estruturas públicas que acabam por sobrecarregar de custos operacionais as empresas da região. “Temos de ter estradas em condições para circular, portos e outras infra-estruturas a funcionar e a servir as nossas operações, porque o que nós vemos é que temos, às vezes, de sair do nosso principal negócio e investir numa empresa de transporte porque a infra-estrutura que existe está degradada e isso acresce os custos de operação,” explicou.

Por sua vez, o director da Kenmare Resources em Moçambique, Gereth Clifton, falou do quadro legal na área mineira, elogiando o quadro legal existente. “O Governo moçambicano é flexível na questão de ambiente de negócios e, no nosso caso em particular, fizemos um contrato que nos dá uma estabilidade, que para nós é boa porque estabelece um grau de certeza de que as regras não irão mudar. Então, acho que conseguimos trabalhar com o sistema legal daqui”, ressalvou.

O painel também discutiu a transição energética na área mineira, onde as empresas Kenmare e Syrah Resources garantiram estar em curso acções para substituir o diesel que usam nos geradores por energias sustentáveis.