Destaque Polícia brasileira prende ‘Colorido’ comparsa de Fuminho

Polícia brasileira prende ‘Colorido’ comparsa de Fuminho

A policia federal do Brasil prendeu no sábado, “colorido” o segundo líder do Primeiro Comando da Capital (PCC), a quadrilha prisional mais poderosa do país e grande exportadora de cocaína, informou o Ministério da Justiça.

Valdeci Alves dos Santos, conhecido como Colorido estava foragido desde 2014 e estava na lista de criminosos mais procurados. Ele é um dos principais fornecedores de drogas para o Sudeste do Brasil, disse o ministério.

Criado nas cadeias do Estado de São Paulo, o PCC tornou-se uma das organizações criminosas mais poderosas das Américas, responsável pela movimentação de drogas dos países produtores sul-americanos para abastecer os mercados consumidores do Brasil e da Europa.

Grande parte da principal liderança está na prisão há anos; Colorido era o número 2 do grupo, entre os que ainda vivem em liberdade, disse o ministério.

Em 2020, o traficante do PCC Gilberto Aparecido dos Santos, também conhecido como “Fuminho”, foi capturado em Moçambique, um sinal da crescente presença internacional da quadrilha.

Fuminho esteve foragido durante mais de 20 anos até à sua captura em Maputo.