Início Destaque Relatório revelou que 330 mil crianças podem ter sido abusadas na Igreja...

Relatório revelou que 330 mil crianças podem ter sido abusadas na Igreja Católica

Uma investigação da Comissão Independente sobre Abusos Sexuais na Igreja Católica francesa revelou, esta terça-feira, que, nos últimos 70 anos, houve entre 165 mil e 270 mil crianças vítimas de pedofilia no seu seio.

O relatório “explosivo” foi divulgado durante uma conferência de imprensa dada na manhã de hoje, como indica o jornal francês Le Parisien.

Aos meios de comunicação social presentes, Jean-March Sauve, chefe da comissão que elaborou o documento, sublinhou que esta é a primeira vez que o número de vítimas é estimado e que as conclusões são “avassaladoras”.

Após dois anos e meio de trabalho, a comissão concluiu que o número de crianças e adolescentes vítimas de abusos sexuais no seio da Igreja Católica francesa localiza-se entre os 165 e 270 mil (a diferença entre estes dois valores tem em conta uma margem de erro), um número que sobe para 330 mil, se incluirmos o que aconteceu nos internatos católicos, acampamentos de escoteiros e outras creches pelas quais a Igreja Católica era responsável.

Os abusos terão sido cometidos não apenas por padres e outros membros do clero, mas também por pessoas não religiosas que trabalhavam para a Igreja Católica em França.

Na apresentação do relatório, Jean-Marc Sauvé disse ainda que o problema não está sanado e admitiu que a Igreja mostrou, até à década de 2000, uma total indiferença para com as vítimas.

FONTENotícias ao Minuto
Artigo anteriorMoçambique perdeu diante da África do Sul em jogo da Taça Cosafa
Próximo artigoVagas de emprego do dia 05 de Outubro de 2021