Início Destaque Cantor e ativista pró-democracia foi preso conduta corrupta em um comício na...

Cantor e ativista pró-democracia foi preso conduta corrupta em um comício na China

Anthony Wong (primeiro da esquerda para a direita) durante manifestação pró-democracia em Hong Kong 11/07/2020 REUTERS/Tyrone Siu

A agência anticorrupção de Hong Kong acusou na segunda-feira um cantor e ativista pró-democracia proeminente, Anthony Wong, de “conduta corrupta” em um comício eleitoral de 2018, a ação legal mais recente das autoridades contra a dissidência na cidade governada pela China.

A Comissão Independente contra a Corrupção (Icac) disse em um comunicado que Wong proporcionou “entretenimento para induzir outros a votarem” no ativista pró-democracia Au Nok-hin em uma eleição especial do conselho legislativo em 2018.

No comício, Wong tocou duas músicas no palco. No final da apresentação, ele apelou aos participantes do comício para que votassem em Au na eleição”, escreveu a comissão, acrescentando que ele violou o Ordenamento de Conduta Eleitoral Corrupta e Ilegal.

Se condenado, ele pode ser preso por até sete anos e multado com o equivalente a 64 mil dólares, diz o ordenamento. Não foi possível fazer contato de imediato com Wong, que tem 59 anos e despontou para o estrelado na dupla pop Tat Ming Pair nos anos 1980, para obter comentários.

FONTEISTOÉ
Artigo anteriorMercado de Campoane poderá entrar em funcionamento até Setembro
Próximo artigoPresidente da Zâmbia coloca Exército nas ruas para reprimir violência pré-eleitorais presidenciais