Início Destaque Manifestações em rejeição ao governo deixa 70 detidos e 50 feridos na...

Manifestações em rejeição ao governo deixa 70 detidos e 50 feridos na Colômbia

A polícia colombiana anunciou na quarta-feira (21) a prisão de 70 pessoas após os protestos que mobilizaram milhares de pessoas em rejeição ao governo de Iván Duque no dia anterior.

Embora o dia tenha sido predominantemente pacífico, alguns distúrbios e confrontos com a força pública ocorreram em Bogotá, Medellín e Cali, as principais cidades do país.

“Nas últimas horas a Polícia Nacional capturou 70 pessoas, 69 delas em flagrante pelos crimes cometidos em várias cidades (…) durante este 20 de julho, e mais uma com ordem judicial por homicídio”, afirmou a instituição em um comunicado.

Os detidos devem responder pelos crimes de obstrução de vias públicas, danos à propriedade alheia, lançamento de objetos e substâncias perigosas e porte de arma de fogo. As autoridades acusam infiltração de grupos armados no protesto.

A Defensoria do Povo, que zela pelos direitos humanos, por sua vez, registrou 50 feridos: 24 civis e 26 agentes da força pública. O dia marcou o retorno das mobilizações massivas após terem sido suspensas há um mês devido ao terceiro pico da pandemia.

Milhares responderam ao apelo do Comitê de Greve – o grupo mais visível no protesto, mas que não representa todos os setores insatisfeitos – no dia em que o governo entrou com uma nova proposta de reforma tributária no Congresso para enfrentar os estragos econômicos dos, até então, 16 meses de pandemia do coronavírus.

Os manifestantes exigem uma reforma da polícia e um Estado mais solidário neste país de 50 milhões de habitantes, onde a pandemia elevou a pobreza para 42%.

FONTEISTOÉ
Artigo anteriorMinistério da Defesa desmente a chegada de três mil soldados da SADC
Próximo artigoA aldeia dos Jogos Olímpicos registou 91 infetados por covid-19