Início Politica Ossufo Momade acusa o Governo de violar o acordo sobre DDR

Ossufo Momade acusa o Governo de violar o acordo sobre DDR

Ossufo Momade quebra silêncio sobre DDR e exige que a sociedade moçambicana e a comunidade internacional pressionem Filipe Nyusi a enquadrar oficiais da RENAMO nos comandos da polícia. Acusa o Governo de violar o acordo.

O líder da RENAMO manifestou-se no domingo (13.06) bastante preocupado com o incumprimento por parte do Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, no processo de Desarmamento, Desmobilização e Reintegração (DDR) do braço armado do principal partido da oposição.

Ossufo Momade, disse que o partido está preocupado porque já “passaram meses que não tem nenhum sinal sobre o enquadramento dos desmobilizados da RENAMO”.

“A parte da RENAMO está a cumprir em relação a desmobilização dos nossos combatentes. No dia 21 [de junho] vamos desmobilizar a base de Tete”, anunciou o líder do maior partido da oposição, que chegou à Zambézia para presidir a conferência da juventude, para a eleição do novo líder da Liga da Juventude da RENAMO.

De acordo como líder da RENAMO, o partido está à espera há bastante tempo que os seus desmobilizados fossem enquadrados, tal como ficou acordado com o Governo moçambicano. Mas até então não tem tido resposta do Governo.

FONTEDW
Artigo anteriorMoçambique registou redução de preços em Maio
Próximo artigoMunícipes de Boane enfrentam dificuldades para ter acesso a posto de saúde