Início Sociedade Polícia impedi cidadãos de se manifestarem próximo a AR

Polícia impedi cidadãos de se manifestarem próximo a AR

Um grupo de cidadãos reuniu-se arredores da Assembleia da República para protestar contra o novo Estatuto dos Funcionários e Agentes parlamentares. A polícia impediu o andamento da referida manifestação.

O suposto grupo que se identificava como de estudantes da Universidade Eduardo Mondlane impunha dísticos de repúdio contra este novo estatuto aprovado pelas três bancadas da Assembleia da República, nomeadamente Frelimo, Renamo e MDM.

Um suposto comunicado ontem sem elementos identitários foi colocado a circular identificado como sendo estudantes da UEM, que prontamente foi refutado pela Associação do Estudantes Universitários (AEU-UEM), o que denota que alguém queria usar este organismo para a manifestação.

A Polícia da República de Moçambique não deixou que tal manifestação ganhasse corpo, uma vez que logo a partida ninguém assumia.

FONTEFolha de Maputo
Artigo anteriorBrasil: Índios garimpeiros entram em confrontos com a polícia em Roraima
Próximo artigoHamas lança 130 foguetes após Israel derrubar prédio de 13 andares