A médica, que exerce em São Paulo, conta com mais de 600 mil seguidores no Tik Tok, rede social na qual partilhou os polémicos vídeos.

Uma médica cirurgiã plástica foi suspensa provisoriamente pelo Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo após ter sido aberta uma investigação devido a publicações partilhadas pela profissional de saúde nas redes sociais.

Segundo a G1, a médica Caren Trisoglio Garcia divulgou no Tik Tok vídeos nos quais mostrava pedaços de pele e de gordura que retirava aos seus pacientes após operações.

Em comunicado, o Conselho Regional de Medicina sublinhou que a investigação do caso decorrerá sob sigilo.

Caren, que partilha a sua rotina de trabalho nas redes sociais, tem 636 mil seguidores no TikTok. Num dos polémicos vídeos divulgados, a médica mostra um bocado de pele de um paciente como o “troféu de hoje”.

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica já analisou o caso e garantiu que a profissional de infringiu cinco artigos dos estatutos internos da entidade, que proíbem a partilha ou divulgação de imagens de partes do corpo de pré ou pós-operatórios, mesmo com autorização expressa do paciente.

A entidade adiantou ainda que a médica também desrespeitou artigos que proíbem o profissional de apresentar resultados de cirurgias ou de se autopromover em meios de comunicação com objetivo de angariar clientes.