Srdjan Obradovic beneficiou o Spartak Subotica e não se livrou de um castigo bem pesado.

O árbitro Srdjan Obradovic foi condenado, na quarta-feira, a 15 meses de prisão, e privado de apitar um encontro durante 10 anos, por favorecer o Spartak Subotica contra o Radnicki Nis, durante uma partida referente à primeira divisão sérvia,  em maio de 2018.

A decisão do tribunal da primeira instância, passível de recurso, foi proferida pela Câmara Anticorrupção do Tribunal Superior de Novi Sad.

De acordo com a sentença, Obradovic também está proibido de exercer qualquer cargo na Federação Nacional de Futebol por dez anos.