Jorge Jesus, treinador do Benfica, diz que o desgaste físico a que os jogadores foram sujeitos no encontro da Liga Europa com o Arsenal, na passada quinta-feira (18), em Roma, «não serve de desculpa» para o empate sem golos com o Farense, na jornada 20 da Liga.

«A equipa joga de três em três dias. Fiz seis alterações [em relação ao jogo com o Arsenal], mesmo assim a equipa apresentou-se com intensidade do ponto de vista físico e criou oportunidades de golo. Entraram alguns jogadores que não têm jogado tanto, na segunda parte também já se notava alguma falta de intensidade. Também por isso é que fui mudando, fiz cinco alterações para refrescar a equipa ofensivamente», explicou, em conferência de imprensa.

«O Arsenal obrigou-nos a correr muito no jogo em Itália e tudo isto tem influência no rendimento da equipa, mas não serve de desculpa porque ela teve dez finalizações na área e não conseguiu fazer um golo», vincou.