A selecção nacional de futebol, os Mambas, foi goleada, na quinta-feira (12), pela poderosa selecção dos Camarões, por 4-1, em partida da terceira jornada do grupo F de qualificação ao CAN, que terá lugar em Janeiro de 2022, justamente nos Camarões.

Vicent Aboubakar marcou dois golos, enquanto Zango e Njie apontaram os restantes golos dos “leões indomáveis”. Kamo Kamo reduziu para os Mambas, que descem para a segunda posição do grupo. Na outra partida do grupo, Cabo Verde e Ruanda empataram sem abertura de contagem.

Moçambique entrou destemido diante dos Camarões, sem se preocupar com o nome da selecção, nem com a sua alcunha, e muito menos com a qualidade dos jogadores adversários. Com uma defesa segura, um maio campo que tentava estancar as acções ofensivas do adversário e um ataque onde Geny Catamo se evidenciava, já que Luís Miquissone parecia perdido diante dos latagões camaroneses, talvez por isso o primeiro a ser substituído, a equipa nacional sempre conseguiu controlar o adversário.

Os Mambas ainda aguentaram-se até ao minuto 40, altura em que os “leões indomáveis” rugiram, através de Aboubakar, num cabeceamento a desviar o remate de Bassogog, após canto cobrado na direita. Foi um lance em que a defensiva moçambicana esteve mal posicionado, ao deixar sozinho o ex-avançado do Porto cabecear sem hipóteses de Franque.

Mas há que realçar que antes, por Aboubakar e Ngamaleu ainda assustaram, com remates que levavam selo de golo, mas tanto o remate de Aboubakar, assim como a tentativa de chapeu de Ngamaleu, sairam ao lado da baliza de Franque.

Após o golo dos camaroneses, os Mambas estiveram perto de empatar, num livre cobrado por Witi, mas o central moçambicano Zainadine chegou ligeiramente tarde para o desvio.