Um vírus mortal, que já fez vítimas na Bolívia, é transmissível entre humanos e exige atenção das autoridades de saúde, alertam especialistas. Produz febre hemorrágica e outros sintomas semelhantes aos do ébola ou do dengue.

Chama-se Chapare, nome da província no norte da Bolívia onde foi detetado, e reapareceu em 2019 após um primeiro surto ocorrido em 2004. Este ainda misterioso vírus detetado naquele país sul-americano já fez vítimas e é transmissível entre humanos, alertaram os investigadores dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos, durante o congresso anual da Sociedade Americana de Medicina Tropical e Higiene (ASTMH).

O vírus, que pode ser mortal, provoca febre hemorrágica e outros sintomas semelhantes aos detetados no ébola ou no dengue. E terá sido transmitido à espécie humana por roedores.