Rede social detetou milhares de perfis falsos que se faziam passar por eleitores negros a recomendar o voto em Donald Trump nas presidenciais de novembro.

“SIM, EU SOU NEGRO E VOU VOTAR EM TRUMP!!!”. “Gritos” como este surgiram aos milhares na rede social Twitter, que detetou as contas aparentemente falsas e as suspendeu por violação das condições de utilização da rede social. Segundo noticiou o The Washington Post, a investigação do Twitter revelou que as contas suspensas usavam imagens roubadas a pessoas reais, não só a civis mas, também, polícias e veteranos de guerra afro-americanos.

As contas foram suspensas pelo Twitter, devido à prática de spam e manipulação da plataforma, e o Twitter diz estar atento ao surgimento de outros perfis igualmente falsos que venham disseminar mensagens relacionadas com o ato eleitoral previsto para novembro.

Neste caso, constatou-se que algumas contas ganharam rapidamente milhares de seguidores e geraram mais de 10 mil retweets. E está longe de ser a primeira vez que acontece: em agosto a NBC News também noticiou que tinham sido detetadas iniciativas semelhantes, pretensos eleitores afro-americanos a apoiarem Donald Trump contra Joe Biden.