Início Sociedade Segurança Quelimane: detidos suspeitos com ligações terroristas

Quelimane: detidos suspeitos com ligações terroristas

Relatos populares dão conta de que os quatro jovens terão alugado por cinco dias uma residência no bairro Torrone Velho nos arredores da capital da província da Zambézia.

Diariamente chagavam à casa muitas pessoas diferentes, o que levantou suspeitas por parte dos moradores, que alertaram as forças de ordem. Os suspeitos acabaram por ser detidos na quinta-feira (08/10).

Uma testemunha que preferiu permanecer anónima e não falar ao microfone disse à DW África que o grupo suspeito tinha muito dinheiro, que gastava em bebidas alcoólicas e ligações com mulheres.

Ligações com terroristas?

Uma outra testemunha conta: “Um deles veio com o colega, que disser ser o irmão, para trabalhar em Chinde e Micaune. Quando voltei de novo para casa deles perguntei pelo colega e ele disse me que os patrões o chamaram para Lichinga. Pareceu-me estranho: ora é Lichinga, ora é Pebane, agora é Micaune, Chinde e fiquei sem saber realmente onde é que eles iam realizar trabalhar”..

Há receios de que se trate de no caso dos detidos de insurgentes que aterrorizam o norte do país e que poderão agora estar a infiltrar outras cidades moçambicanas, diz Listano Evaristo, delegado do movimento democrático de Moçambique em Quelimane: “O assunto era de Cabo Delgado, começou por ser assunto de um bairro, de um distrito. Mas agora fala-se de todos os distritos de Cabo Delgado, e de algumas áreas de Niassa e de Nampula que estarão a ser abrangidas”.

FONTEDW
Artigo anteriorReal Madrid não considera possibilidade de contratar Pogba
Próximo artigoInspeção moçambicana retira do mercado três marcas de água