O capitão da selecção nacional de futebol, Domingues, está a trabalhar na Associação Black Bulls, para não perder a forma física e estar em condições para os jogos com os Camarões, a 12 e 16 de Novembro.

Domingues está sem clube, depois de nas últimas cinco épocas ter representado o Bidvest Wits, após os proprietários desta formação terem vendido a licença de participação no campeonato sul-africano (Professional Soccer League) para Tshakhuma Tsha Madzivhandila (TTM).

Segundo escreve o LanceMZ, o capitão da selecção nacional, que estava no final de contrato com o Bidvest, não seguiu o mesmo caminho que alguns colegas que conseguiram colocação e outros rumaram para a TTM.

De acordo com a fonte acima citada, aquando da venda foi acordado que os contratos dos jogadores não seriam afectados, mas a TTM assinou com diversos atletas nas últimas semanas e da longa lista não consta o nome do internacional moçambicano formado no Desportivo de Maputo.

LanceMZ, escreve ainda que Domingues chegou a ser um dos jogadores mais bem pagos do futebol sul-africano, chegando a auferir a quantia de 500 mil Randes mensais (cerca de 2.250.000,00 Meticais), sendo o elevado salários podendo estar por detrás do facto de ainda não ter chegado a acordo com um clube sul-africano.