Uma criança com um ano de idade foi sequestrada e morta pela mãe, que tem problemas mentais e já se tinha tentado suicidar. O caso deu-se na cidade de Angers, França, local onde a criança foi encontrada morta dentro de um contentor de roupa, de acordo com o Le Parisien. A mãe, que tem 39 anos, já foi detida pela polícia.

A criança estava entregue a uma família adoptiva devido aos problemas psicológicos e tentativas de suicídio da mãe, Nathalie Stephan, que tinha autorização para a visitar regularmente.

Nenhum incidente foi observado nas últimas semanas”, disse o promotor do centro materno de Angers

Depois de ter tido a autorização para cuidar da filha por 48 horas seguidas, a mãe não devolveu Vanille à assistente social responsável às horas acordadas, obrigando as autoridades a acionar o sistema de alerta de sequestro. Horas depois, a mulher confessou que tinha matado a menina quando se aproximou o momento de se despedir dela.

As causas da morte da criança, que ocorreu entre as 13h e as 15h, serão determinadas por um médico legista, depois de a mãe ter identificado o local onde estava o corpo. Sem ter dado qualquer explicação, Nathalie, que estava hospedada no centro materno para mulheres grávidas e mães solteiras de Angers (que suporta mães em estado com um estado psicológico frágil), foi detida num hotel em Nantes, também em França, após uma denúncia do gerente.