O Presidente da República disse, esta semana, em Cabo Delgado, que os que estão a fazer ataques terroristas “se derem a cara e disserem o que querem nós vamos ouvir”, mas para analistas têm dúvidas.

Entrevistados pela VOA, os analistas moçambicanos Calton Cadeado e Egidio Placido, concordam que as declarações do Presidente da República enquadram-se na perspectiva de encontrar solução para este assunto, estando longe de significar uma possibilidade de negociação com os autores dos ataques.